Ser ou Não-Ser

  Vivemos sempre como se fôssemos o centro do universo. Nosso ego é algo que nos faz maus, porque somos egocêntricos e egoístas, o que nos faz considerar os outros como secundários. E quanto mais distância econômica, cultural e social, mais indiferentes ou avessos nos tornamos aos que nos são diferentes. Os que professam outras crenças, e ideologias, os que possuem outra opção sexual ou identidade de gênero, os que falam outras línguas ou nasceram com outra cor de pele, enfim, tudo e qualquer coisa nos afasta do outro, nos impedindo de sermos altruístas, desapegados e amorosos. O nosso ego dificulta em nós o sermos humildes, reverentes e gratos. E quando somos obrigados a prestar culto a algo, reconhecendo alguém maior que nós, tendemos a não saber fazer prostrações ou dobrar os joelhos. É claro que...

Leia Mais

Quem e onde somos?

          O espaço é curvo, descobriu Einstein, e o tempo é sua 4ª dimensão. Assim, o caminho mais curto entre dois pontos é a linha curva, não passando a linha reta de uma ideia abstrata do grego Euclides, que só vemos como real nas dimensões humanas em que vivemos. Em outras palavras, o real é diferente do que vemos, o real é invisível aos olhos, só é percebido pela razão. Mas é também a razão que nos diz que não somos seres essencialmente racionais, pois desejamos, decidimos e nos motivamos movidos por paixões. Assim, somos, no dizer de Nietzsche, uma corda estendida sobre o abismo, mas não entre o animal e o super-homem, como escreveu ele, e sim entre o animal e o humano, já que temos um lado bicho e um lado gente,...

Leia Mais
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com