O Chile e o Neoliberalismo

No Chile, a ditadura sanguinária de Augusto Pinochet derrubou um Governo de esquerda, democraticamente eleito, para implantar a primeira experiência radicalmente neoliberal do planeta, depois seguida por Margaret Tacher na Inglaterra e Ronald Regan nos EUA. Na época foi implantado no Chile um modelo de Estado mínimo, através da privatização da educação, da saúde e da implantação de uma Previdência sob o regime de capitalização. Hoje no Chile os aposentados ganham menos que o salário mínimo, a população não tem saúde pública e tampouco recursos para bancar a saúde privada, e os estudantes mais pobres são obrigados a buscar crédito educativo, com o qual se formam para enfrentar uma dívida impagável com os grandes bancos. Dizia-se que o Chile deveria ser modelo ao mundo, e o ministro Guedes, no Brasil, quer transformar o Brasil...

Leia Mais

O Brasil e o tiro no pé

Tenho para vocês uma boa e uma má notícia. A boa é que o presidente Bolsonaro não conseguirá se reeleger. A ruim é que isto ocorrerá porque a economia não sairá de sua modorra. O resultado ruim terá contribuição externa: se avizinha uma recessão nos EUA e Trump terá dificuldades de se reeleger, a economia chinesa começou a definhar, a Alemanha também está entrando em recessão, e a Inglaterra, com o brexit, andará para trás. Como os argentinos votaram na direita, com Macri, e ele perdeu as prévias eleitorais, sinalizando a volta da esquerda de Cristina Kirchner com Alberto Fernandéz, Bolsonaro deve colocar as barbas de molho, pois por aqui não deverá ser diferente. Bolsonaro ofendeu nossos vizinhos, tentando apoiar Macri, mas seu tiro saiu pela culatra, porque seu “apoio” terminou por favorecer o...

Leia Mais

O Falso Liberalismo ou o Fascismo Disfarçado...

No Brasil as siglas partidárias em geral não expressam os nomes dos partidos que representam, são enganadoras. O PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) apesar do nome de centro esquerda, abriga alas de centro direita, com liberais progressistas e democratas cristãos, e hoje, com João Doria (SP), Eduardo Leite (RS) e Nelson Marquezan (Porto Alegre), desponta como grande representante do neoliberalismo no país. Deputados abrigados num Partido Trabalhista votam contra os interesses dos trabalhadores, como os do PDT que votaram a favor da Reforma da Previdência que diminuirá o valor da aposentadoria dos mais pobres. Na época da ditadura militar, o PFL (Partido da Frente Liberal) era de situação, ou seja, pseudo liberais no Brasil apoiavam a ditadura. E hoje, com o Governo Bolsonaro, temos no poder um falso liberalismo. Os Chicago Boys, que...

Leia Mais

Haddad e a redução de danos

              O momento político é grave, todas as nossas instituições estão sendo colocadas à prova. Mas, considerando-se os riscos, é preciso assumir-se posições e não abrir brecha para omissões ou vacilações. No segundo turno das eleições presidenciais, em nome da “redução de danos”, irei votar em Haddad. Porque, apesar de todos os erros e defeitos do PT, suas lideranças possuem uma grande virtude, o respeito às regras do jogo democrático. Todos os eminentes petistas presos, inclusive o Lula, estão cumprindo suas penas e tentando safar-se apenas dentro das regras do sistema jurídico institucional. Imaginemos Bolsonaro acusado, julgado e condenado: aceitaria ele a prisão? Ou conclamaria seus seguidores a uma resistência armada, que colocaria a sociedade brasileira à beira de uma guerra civil? Continuemos imaginando um hipotético Governo Bolsonaro, por áreas, com suas consequências:...

Leia Mais
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com