Em quem votar nas próximas eleições?...

             O artigo que se segue é um artigo de opinião, portanto, não é isento ou faz uma análise neutra. Mas, ao dar minha opinião, talvez ajude um pouco os indecisos. Primeiro, cabe ser racional e não emocional quando se vota. Daí que de saída irei descartar todos os candidatos que, pelas pesquisas e outros quesitos, como tamanho de seus partidos e representatividade de seus candidatos, certamente não chegarão ao segundo turno: Álvaro Dias, João Almoedo, Henriques Meirelles, Vera, Cabo Daciolo, Guilherme Boulos, João Goulart Filho e Eymael. Portanto, não comentarei estes, apesar de alguns serem representantes de partidos autênticos, como Boulos do PSol, ou de forças políticas hegemônicas, como Meirelles do MDB. E apesar de encontrarmos, dentre estes, propostas importantes e interessantes, como a defesa da auditoria da dívida pública feita pelo João...

Leia Mais

Fora Temer!

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, divergindo de seu partido, que permanece em cima do muro defendendo o indefensável presidente Temer, concedeu entrevistas defendendo eleições diretas. E, como ele, também mudarei de ideia, e passarei a defender, a partir de agora, eleições diretas para presidente. Estou ciente que isto implica em mudar a Constituição, e que os prazos atuais em vigor não permitiriam que tal se desse em curto prazo, mas quando há vontade política pode-se alterar rapidamente as leis. Posicionei-me anteriormente contra as eleições diretas, não por não serem a nossa melhor saída, mas porque achava ruim alterar a Constituição por questões casuísticas, entendia que isto passaria ao exterior uma imagem negativa de nosso país, que destituiu uma presidente democraticamente eleita num processo de impeachment complexo e obscuro, e tiraria o seu substituto alterando a...

Leia Mais

A derrota de Marina

             Dilma e Aécio Neves irão disputar o 2º turno das eleições presidenciais, e Marina que, pelas pesquisas feitas ao início do lançamento de sua candidatura, poderia ganhar de Dilma em segundo turno, acabou por ter uma votação quase igual a de sua última candidatura presidencial. A votação de primeiro turno de Dilma e Aécio, em que ela tem menos do que as pesquisas apontavam e ele bem mais, sinalizam um desgaste do Governo e uma fatia considerável de votos antipetistas. Considerando que Dilma tem a seu favor os programas sociais e contra ela a gestão da economia e a corrupção em seu Partido e Governo; e considerando que Aécio representa o contraditório de Dilma, ou seja, uma política econômica diferente, neoliberal, porém, com risco do desmonte dos avanços sociais; seria lógico que uma...

Leia Mais
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com