Política e Asco

A política, que sempre me foi uma paixão, hoje me dá asco. Tento ver e ouvir notícias para me sentir atualizado, mas elas me fazem mal. Como pode Trump ser presidente dos EUA? Como pode o chavismo ter ganho as eleições na Venezuela? Como pode Temer ser ainda o presidente do Brasil? E quando vemos o discurso e as ações de nossos senadores e deputados, parece que temos não representantes nossos, e sim políticos que representam apenas e exclusivamente os seus interesses pessoais e escusos, sem nenhum respeito pela coisa pública.

Mas quando pensamos na justiça como uma saída, vemos que os nossos juízes, no geral, não são completamente diferentes. A primeira decisão do Conselho Nacional de Justiça foi aumentar os proventos de seus próprios integrantes. O Tribunal Superior Eleitoral conseguiu inocentar a chapa Dilma-Temer por excesso de provas. O Supremo Tribunal Federal faz jogo de braço e de afagos com o Legislativo, a ponto de deliberar que suas decisões envolvendo parlamentares devem ser respaldadas pelo Congresso Nacional. Temer e Lula, em vez de apresentarem defesas que tentem desfazer as provas que os incriminam, jogam para a plateia, acusando, se fazendo de vítimas, citando complôs e golpes inexistentes, tentando desmantelar a imagem de seus acusadores. Independentemente da idoneidade ou não de quem denuncia e acusa, a verdade dos fatos é válida e lícita. Ou seja, os acusados deveriam defender-se das acusações exclusivamente, sem destratar delatores ou fazer alusões a teorias conspiratórias e ridículas.

Temer chega ao acinte de usar de seu cargo de presidente para comprar apoio no Congresso, ora vendendo nossos parques, desrespeitando o meio ambiente, ora proibindo a publicação da lista dos patrões de trabalho escravo no país. Como diziam as mães: “diga-me com quem andas e direi quem és”. Os amigos de Temer são criminosos já presos ou réus que ainda não foram julgados, e os fatos e depoimentos são fortíssimos indícios de que ele era de alto escalão na quadrilha. Estamos esperando o que? Que ele logre alterar no Supremo que os condenados em segunda instância passem a cumprir suas penas, de modo a soltar todos os presos da Lavajato, e a tornar Lula candidato, mesmo estando condenado por vários crimes em duas instâncias da Justiça? Sei que a quietude vem de um cansaço e de uma desesperança, fruto da falta de opções. Sem Temer, quem ocuparia seu lugar? Seria diferente?

Em quem votar em 2018? Primeiro, devemos excluir candidatos e partidos enrolados no Mensalão e na Lava jato, e vão sobrar poucos. Depois devemos excluir os candidatos que são parlamentares em busca de reeleição, e que, mesmo não sendo comprovadamente corruptos, deram sustentação a Temer. Temos de excluir também os extremistas enlouquecidos, tanto de direita quanto de esquerda, quer tenham ou não discursos politicamente corretos. Não queremos Bolsonaro, um “Trump brasileiro”. Não queremos transformar o Brasil numa União Soviética, ou numa Cuba ou numa Venezuela, então fora os comunistas. Não queremos uma política econômica como a defendida e exercida por Dilma em seu segundo mandato. Tampouco queremos uma política econômica como a que a dupla Temer-Meirelles hoje defendem, que ferra com os trabalhadores e o povão. Tampouco queremos políticos religiosos ou comprometidos com os evangélicos, pois não cabe querer impor a toda a sociedade brasileira uma moral de minoria, legítima como prática de opção religiosa, mas não como referencial de conduta social. Queremos um Estado laico, e nos causa espanto a decisão do Supremo de permitir pregação religiosa nas escolas públicas. Não queremos também votar em alguém devido apenas ao seu gênero ou opção sexual, ou por sua aparência, ou por ser de nossa profissão, estado ou time de futebol. Queremos discurso coerente com ações, propostas viáveis, bandeiras importantes a toda a sociedade. Enfim, queremos fazer do Brasil um país melhor, assim, vamos garimpando quem se salva. E é neste que devemos votar. Por um Brasil que avance. Chega de retrocesso!

Relacionados

Compartilhe

Deixe aqui seu comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com