A derrocada da República e do Governo Temer...

            Atendendo pedido da procuradoria Geral da República, e em base às delações premiadas de 78 executivos da Oldebrecht na Lavajato, o ministro Luiz Edson Fachin autorizou abertura de inquérito de 108 pessoas, dentre estes 76 inquéritos de pessoas de foro privilegiado, incluindo: 24 dentre 81 senadores, a maioria acusados de crimes como corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. Além de 24 senadores (quase 1/3), mais 8 ministros de Temer estão na lista (mais de 1/3), além de 3 governadores e 39 deputados federais de 13 partidos diferentes, incluindo PMDB, PT, PSDB, DEM, PSB, PSD, PRB, PR, PTB, PTC, PPS, SD e PC do B. Além disso, Os ex-presidentes FHC, Lula e Dilma serão alvos de inquéritos, mas sem foro privilegiado, e o presidente Temer só não será alvo porque...

Leia Mais

Fundamentalismo e Radicalização...

            Vivemos tempos difíceis, em que o contraditório não progride a partir do diálogo dialético. Como as posições se radicalizaram, não há mais diálogo. Todos têm opiniões formadas acerca de assuntos que quase nada conhecem. E as palavras de ordem são: Fora! Basta! Agora não! Foi-se o tempo em que as ideias se pautavam nas leis e na moral. Cada um está cheio de razão e de empáfia, mesmo que ignorem fatos e verdades.             É comum que grupos de amigos que compartilham mensagens via celular terminem por viver momentos de atrito e ruptura, em função de postagens polêmicas. Sempre alguém fica ofendido e sai do grupo, ou revida com ofensas e agressões. É como em nosso trânsito que, além de engarrafado, enfrenta motoristas e pedestres que não respeitam sinais e comportamentos prudentes, e...

Leia Mais

A Memória do Futuro

            Ontem assisti ao filme “A Chegada”, que trata de alienígenas que chegam à Terra, e do esforço de comunicação entre eles e os humanos. Por trás da história está a visão da filosofia da linguagem de que a língua não é apenas um meio de expressão, mas um modo de pensar e de acessar a realidade ou verdade. Em outras palavras, de que o pensar é linguístico e, como escreveu Wittgenstein, “os limites da minha linguagem são os limites do meu mundo”. Mas o filme também trata da clarividência acerca do futuro, pois comunicar-se com tais alienígenas significa, na história ficcionada, também adquirir a capacidade de “ver” o próprio futuro.             Sempre acreditei de que existe uma memória do futuro, assim como há uma memória do passado, só que não logramos acessar a...

Leia Mais

Sobre os absurdos do mundo e de nós mesmos...

            Parece simples viver e tocar a vida, por mais que tropeços e dificuldades se apresentem. É só não deixar a manada e reproduzir o comportamento padrão. Mas quando tentamos ser nós mesmos, originais, o céu desaba sobre nossas cabeças. E quando tentamos compreender o incompreensível, e saber por que o ser humano é tão animal enquanto humano, percebemos que o ato de existir, em si, é um absurdo. Que significado tem nascermos gente num universo em que a vida primitiva é banal, mas a vida inteligente é rara? Que significa sermos os questionadores do porquê de tudo? Enfim, que sentido tem não encontrarmos sentido em nascer e morrer, como se este hiato de existência fosse a coisa mais importante do universo, quando sabemos não sermos nada, ou sermos menos que isto?             É só...

Leia Mais

O Pacote do Sartori

            Com a derrota das esquerdas nas últimas eleições a direita se empoderou e vem logrando implementar reformas que visam a diminuição do tamanho do Estado, como no RS o Pacote do Sartori. O PMDB, que participou dos Governos Lula e Dilma, endossando políticas de Estado Máximo, agora está no espectro ideológico oposto, encabeçando propostas de Estado Mínimo, como as que propõe Sartori. E Sartori propõe isto agora, seu pacote não era promessa de campanha eleitoral. E quem troca de ideologia não a tem, possui apenas interesses.             De outro lado, os partidos de esquerda, frente ao Pacote do Sartori, votaram contra a extinção das Fundações estaduais e a favor do funcionalismo público, mas também votaram contra a alteração dos duodécimos dos repasses de recursos orçamentários aos poderes Judiciário e Legislativo. Em outras palavras,...

Leia Mais

A Reforma da Previdência

            Finalmente viemos a conhecer o teor das propostas de Reforma da Previdência do Governo Temer e, como era de esperar, elas são bastante criticáveis. Até podemos concordar de que, com o aumento da expectativa de vida da população e a diminuição de ritmo do crescimento populacional algo precisava ser feito, considerando que, cada vez menos pessoas trabalham para sustentar cada vez mais pessoas aposentadas, daí o dito rombo da Previdência e a perspectiva de crescimento deste rombo. Mas muitos argumentos são falaciosos.             Primeiro, desde que se fez uma minireforma da Previdência durante o Governo Lula, os aposentados passaram a contribuir com a Previdência, portanto, não são só os que trabalham que contribuem para ela. Segundo, se não houvesse as desonerações de contribuições sociais ao INSS, concedidas pelo Governo a setores importantes da...

Leia Mais

Trump e o futuro do mundo

            Donald Trump ganhou as eleições nos EUA, favorecido pelo sistema de democracia federativa, em que o voto dos Estados e seus delegados vale mais que o voto dos eleitores. Hillary ganhou as eleições no voto popular, mas perdeu na quantidade de Estados. E agora, com Trump presidente, para onde vamos?             O discurso nacionalista de Trump não seria fascista se fosse baseado apenas no projeto de reindustrializar os EUA, criando mais empregos. Neste caso seria apenas uma reação às mazelas da globalização, que cria empregos nos países de mão-de-obra barata e desemprego nos países onde o trabalho é mais respeitado, recebendo salários mais altos. Temos uma globalização que aumentou a riqueza mundial, e mesmo a nacional dos países que participam dela, mas não distribuiu esta riqueza, de modo que os ricos ficaram mais...

Leia Mais

A Derrota das Esquerdas

             O Brasil está seguindo uma tendência latino-americana de guinada à direita. Nas últimas eleições municipais erraram os petistas, como Lula, que achavam que o PT seria bem votado, em função dos baixos índices de aprovação do Temer. Mas também erraram os que pensaram que outros partidos à esquerda seriam herdeiros dos antigos votos petistas, agora perdidos com o desgaste do Mensalão, da Lava-Jato e da crise econômica do Governo Dilma. O PSol, a Rede, o PC do B, o PSB e outros não se mostraram aptos e fortes em receber tais votos. E, em consequência, ganhou a direita neoliberal, os conservadores e os liberais progressistas, com o PSDB, o PMDB, o PRB, o PP, o DEM, o PSD e outros. Com isso, ganhou o Governo Temer, que indiretamente legitimou nas urnas o impeachment...

Leia Mais

Sobre as agruras da Razão

            A todo momento nos deparamos com acontecimentos e desafios que colocam em lados opostos razão e crença. Ian Mcewan, num de seus romances, trata da religião que se opõe à transfusão de sangue que poderia salvar a vida de um jovem. Nos atentados terroristas perpetrados em nome do fundamentalismo religioso, a crença em Deus serve de justificativa para matar inocentes. Enfim, apesar de vivermos em pleno século XXI, herdeiro do iluminismo, portanto, em tese democrático, laico e esclarecido, na realidade ainda coexistimos com a mais negra ignorância, executora de hediondos crimes, executados em nome de uma monumental ilusão, fruto de uma mescla de cultura preconceituosa, ideias preconcebidas e ilusórias, e uma política torpe, feita de obtusidades mentais e egoísmos.             Apesar de todos os absurdos que podem ocorrer no dia a dia em...

Leia Mais

Considerações sobre o evolucionismo...

            Santo Agostinho foi precursor de Darwin quando, séculos antes, defendeu que o mundo não é perfeito porque a Criação ainda estava em curso, e que, portanto, dia a dia melhoraríamos até chegar à perfeição. Charles Darwin com sua obra “A Origem das Espécies” demonstrou que os seres vivos evoluem devido à sobrevivência dos mais aptos (e não dos mais fortes), ou seja, existe uma espécie de seleção natural. Mas em Darwin o evolucionismo não é teleológico, não se encaminha em direção a um ponto, como em Teilhard de Chardin com seu Ponto Ômega. Em outras palavras, espécies desaparecem porque a seleção natural supõe o ensaio e o erro, ou seja, alguns ramos ou trilhas evolucionistas não dão certo devido a fatores ambientais, genéticos, dos indivíduos ou das espécies.             Assim, quando no Espiritismo,...

Leia Mais

Sobre o Perdão

             O nosso instinto de sobrevivência faz com que nos tornemos agressivos para nos defendermos, e guarda em nossa memória, acionada sempre que haja perigo, todos os episódios e pessoas (ou animais) que alguma vez já nos ameaçaram ou agrediram. Isto faz com que tenhamos uma imensa dificuldade de perdoar, o perdão verdadeiro, quando em nosso coração não há mais nenhum resquício de ódio, ressentimento ou mágoa. O cristianismo ensina a amar e a perdoar (setenta vezes sete), pois sem perdão não poderia existir o amor. Porém, perdoar não é engolir imensos sapos e levar desaforo para casa. No momento da agressão podemos nos defender no ato, e depois, perdoar a agressão, já que aceitar toda e qualquer ofensa passivamente é uma forma de acomodação ou fraqueza. E, como escreveu Gandhi, quem me agride com...

Leia Mais

É a economia, meu caro!

            Hoje está sendo votado no senado federal, sob a batuta do presidente do STF, o impeachment da presidente Dilma Rousseff, em base a uma acusação de crime de responsabilidade, segundo o texto da Lei de Responsabilidade Fiscal e da nossa Constituição. A defesa feita pela presidente e por seu advogado diz que não houve crime, e que está sendo executado no país um “golpe parlamentar”, e que o presidente interino Michel Temer não tem legitimidade para governar em seu lugar. Mas o que é que sabemos sobre tudo isto:             1º golpe é um modo ilegal de derrubar um governante legalmente eleito;             2º o impeachment e seu rito está seguindo à risca a nossa Constituição e a legislação vigente;             3º portanto, um governo legalmente eleito está sendo derrubado legalmente, não por...

Leia Mais

Há um tempo para cada coisa

            O inverno este ano foi rigoroso, mas agora estão já tendo dias mais amenos. É a primavera que aponta sua cara. E depois vem o verão, e depois dele, novamente o inverno. E assim o ano se foi, e os anos passam, por ciclos que se repetem até que passemos deles.             Já viajei de modo a viver três invernos no período de apenas um ano: ah, que saudade do calor e da praia! Teria sido bem melhor ter tido três verões num mesmo ano. Sempre gostei de frio, e da estética do frio, de que fala o nosso músico Victor Ramil. Mas agora as coisas estão mudando, ou melhor, eu estou envelhecendo, e os velhos sofrem muito no clima frio. Daí ter passado a amar os verões, é claro, com ar condicionado...

Leia Mais

A autoestima do brasileiro e as Olimpíadas...

            O Rio sediou uma Olimpíada e, apesar de todos os pessimismos, logramos fazer bonito. Haverá aqueles que dirão: saiu uma fortuna, isto é dinheiro que faltará em escolas, postos de saúde e segurança. Porém, a Olimpíada não foi só gastos, foi em verdade investimento, tanto na imagem do Brasil lá fora como no efeito interno, pois as novas gerações foram incentivadas, pelo exemplo, a acreditarem em si próprias, no país e seu povo. A nossa autoestima certamente subiu bastante e, com a visibilidade alcançada pelo Rio de Janeiro, considerando que os turistas gostaram da cidade e do seu povo, com certeza atrairemos mais visitantes, diminuindo a diferença entre os estrangeiros que chegam e os brasileiros que viajam para fora do país.             A meta do Brasil de chegar entre os dez melhores países...

Leia Mais

Uma historinha Zen

            Este texto está sendo escrito a pedido de minha esposa e companheira, e irá tratar de uma historinha Zen, que diz da paz e do conhecimento. É assim:             No início existe a santa paz da ignorância, em que as árvores são árvores, as montanhas são montanhas e o céu é céu, ou seja, cada coisa é o que é, sem complicações, teorias, crenças ou fantasias. Quando se adquire o conhecimento, perde-se a paz, e as coisas deixam de ser o que são. O céu vira um espaço-tempo curvo, negro, devido à expansão das galáxias ou ao buraco negro hipotético e hipergigantesco que seria o nosso universo. O sol se transforma numa estrela de quinta grandeza, amarela, que emite neutrinos, que existe num braço marginal da Via-Láctea, a 15 mil, anos-luz do plano...

Leia Mais

O que temer de Temer

             O presidente provisório Temer está à espera da votação do impeachment da presidente Dilma para fazer andar seu projeto de governo com mandato tampão. E, apesar dos brasileiros estarem esperançosos com a economia, eles desconfiam, com largas razões, do Governo Temer: por que?             Certamente não é só pelo discurso raivoso dos petistas apeados do poder, de que a direita deu um golpe para acabar com todas as coisas boas feitas pela esquerda, e entregar o país ao capital internacional e aos grandes banqueiros e empresários. Tampouco é só devido ao fato de vários ministros do atual governo terem caído devido à corrupção, havendo inclusive denúncias envolvendo o próprio Temer e toda a cúpula do PMDB nacional. Creio que parte da desconfiança radica no próprio discurso e nas propostas que passam a ser...

Leia Mais

O Eterno Feminino

                Como avançamos em nossa democracia e nos direitos humanos, todos temos de nos ater, por mandato de consciência, ao politicamente correto, o que inclui a admissibilidade da igualdade plena de direitos entre homens e mulheres. Entretanto, isto não exclui a constatação científica e popular de que homens e mulheres são seres diferentes em seus modos de sentir, pensar e ver o mundo. E, mesmo sabendo que toda e qualquer generalização é prematura e desviante da verdade universal, mesmo admitindo que existem homens e mulheres que se assemelham em seus modos de sentir e pensar ao seu gênero oposto, pode-se dizer que predominam as diferenças entre um e outro. Vejam, escrevo diferenças, mas sem incluir nenhuma noção de hierarquia entre um modo e outro de ser, simplesmente os gêneros são diferentes porque seus cérebros...

Leia Mais

O Egoísmo do Sujeito

            Jean-Paul Sartre retoma a ideia de Edmund Husserl de que “toda consciência é consciência de alguma coisa”, afirmando que a consciência é, em si, o não-objeto, um vazio, um nada. Para Sartre, do mesmo modo o sujeito é somente frente a um objeto ou a um outro sujeito. Porém, os outros não são sujeitos, são tomados por mim como objetos, são meros objetos de meus interesses, conhecimento e intenções. Assim, somos uns dos outros meros objetos, o homem coisifica o próprio homem.             Entretanto, deste modo pode-se concluir que o sujeito em si não existe, ser alguém supõe ser por outros ou para outros, ser reconhecido ou reconhecer-se como tal. Este existir para supõe intencionalidade, no dizer de Husserl, ou implica em desejos, na visão de Freud. Para o pai da Psicanálise o...

Leia Mais

Sobre o Frio

            Vivemos num país tropical, mas no extremo sul, num clima temperado, capaz de produzir variações extremas de temperatura num mesmo dia. É positivo viver numa cidade que tem quatro estações bem definidas, o problema é habitar e trabalhar em prédios não aptos a nos dar conforto térmico. No inverno, por exemplo, mesmo em cidades da região serrana, como Caxias do Sul, são raros os prédios e locais com calefação. Lá estudantes universitários e operários metalúrgicos congelam em salas de aula e pavilhões industriais sem ar condicionado ou calefação. E mesmo quem tem splits pela casa toda, não desperdiça energia ligando todos ao mesmo tempo, o que faz com que a troca de ambiente (do quarto à sala e desta à cozinha, por exemplo) seja uma troca instantânea de estação. Assim, vivendo choques térmicos...

Leia Mais

Brasil, país de um presente provisório...

           O processo de impeachment da presidente Dilma avança no Senado, ela foi afastada, e um Governo provisório tomou posse. Muitos aplaudiram cheios de esperança de dias melhores, outros, cheios de revolta e ódio, bloqueiam ruas em protesto. De um lado tem-se claro que muitos que afastaram a presidente Dilma são mais criminosos e corruptos que ela, de outro também está claro que a impunidade de um criminoso não inocenta outro. De um lado o rito do impeachment está previsto na Constituição, o crime do qual q presidente foi acusada consta na Lei de Responsabilidade Fiscal, e o Supremo tribunal Federal e o Congresso Nacional chancelaram o rito, portanto, não houve golpe, pois as instituições democráticas e a lei foram preservadas. De outro, considerando qua a presidente Dilma beneficiou-se apenas politicamente com as pedaladas de...

Leia Mais
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com